Alex Góes
@eualexgoes

Álvaro Pinho
@alvaropinho

Eva Cavalcante
@evacavalcante

Rafa Chaves
@rafa_chaves22

Confraria da Música
A “Confraria da Música” é um projeto idealizado pelos cantores e compositores Alex Góes, Alvinho Pinho, Eva Cavalcante e Rafa Chaves que, paralelamente às suas carreiras, compõem o front deste espetáculo musical. Uma banda base de 5 músicos acompanha a turma, que se reveza nos vocais e põe de lado seus respectivos trabalhos para cantar junto.

O projeto nasceu na Bahia, numa reunião descontraída desses amigos (à época também com a presença do cantor Kiko Salli, que participou da primeira temporada do projeto) entre os festejos do final de ano, em 2010. Com a intenção de trocar informação musical e, obviamente, fazer o que mais gostam, esses artistas se uniram visando exercitar a música no universo coletivo.

“Confraria” é uma reunião de amigos ou companheiros de profissão. Neste caso, o amor pela música e o dom lhes dado por uma força superior os uniu e os levou ao palco para confraternizar e saudar a arte com todos os presentes.

O quarteto amadureceu a ideia por 3 meses e começou a se apresentar na noite baiana em abril de 2011. O objetivo era reunir amigos músicos e artistas, além do público local, numa grande confraternização musical. O dia da semana foi escolhido a dedo: terça‐feira é o “final de semana” do músico. É quando não tem “trabalho” e todos podem se encontrar para confraternizar e se divertir.

O que era uma reunião despretensiosa acabou caindo no gosto do grande público, da mídia e de toda a classe artística da cidade. A Confraria virou o “xodó” das redes sociais, tendo a hashtag #ConfrariaDaMúsica muito citada no Twitter e centenas de menções no Facebook. Durante a temporada de 2011, a Confraria foi entrevistada em diversas emissoras de rádio e TV – participou, inclusive, de um programa da Rádio Transamérica ao vivo, direto do show – e esteve na capa dos principais sites e portais da web (locais e nacionais), desde musicais àqueles de variedades. Todas as apresentações – sem exceção, desde a estreia – tiveram lotação máxima da casa, que tem suas mesas reservadas antes mesmo de chegar cada terça‐feira. Em novembro do mesmo ano, os confrades também fizeram show de abertura para Margareth Menezes.

Com apenas 2 meses de projeto, o grupo já desfrutava de incrível reconhecimento popular. O boca-a-boca nas rodinhas de amigos – público dos 4 artistas que integram a Confraria da Música, individualmente; público da Confraria; músicos da cidade – ajudou a amplificar a resposta positiva e imediata.

Hoje, com 3 anos de projeto, a música baiana em todas as suas vertentes já conferiu – e subiu ao palco para cantar com – a “Confraria da Música”: a axé music com os veteranos Margareth Menezes, Netinho, Márcia Short, Carla Visi e André Macedo e os novos Tomate, Fredy Moura, Alexandre Peixe, Alinne Rosa, Ju Moraes (finalista do programa The Voice – Rede Globo) e as bandas Oito7Nove4 (formada por Rafa e Pipo Marques, filhos de Bell do Chiclete com Banana) e Cabeça de Nós Todos; o reggae de Serginho (Adão Negro) e Duda (Diamba); o forró de Léo Macedo (Estakazero); o rock de Enio e a Maloca e Maglore; o pagode de Márcio Victor (Psirico); o sertanejo da Torres da Lapa; além de Adelmo Casé, Ramon Cruz e mais.

Compositores, cantores da noite, músicos, diversos artistas da soterópolis vão para se divertir e prestigiar os amigos, mas não escapam da canja, transformando as noites de terça numa grande “bagunça” musical – das mais organizadas, diga‐se de passagem.

O diferencial da “Confraria da Música” é o ineditismo do projeto. São 4 talentosos artistas, com influências diversas, harmonizando voz em perfeita sintonia. Os arranjos vocais são muito bem trabalhados pelos confrades – como são carinhosamente chamados – durante os ensaios. No palco, eles se despem da formação de seus trabalhos autorais e, ao mesmo tempo, é exatamente esse mix de influências que dá o tom, o sabor e a cor exatos da Confraria. Ficou dificil de entender? Só mesmo uma visita para fazer cair a ficha!

Alex Góes traz seu refinado pop rock com toda a experiência de 18 anos de carreira, traduzido em belas melodias e harmonias consistentes.

Alvinho Pinho é vocalista da Chica Fé e vem da Mr. João, bandas de música baiana que misturam influências da MPB com a percussão da Bahia.

Eva Cavalcante – atual backing vocal do Araketu, em sua nova formação com a volta de Tatau – soma com a força do rock e do pop baiano, de seu trabalho solo, acrescida da música pop e eletrônica, do trabalho à frente dos vocais da banda On The Floor, projeto peculiar que uniu no palco uma voz, uma DJ, um baixista e um guitarrista.

Rafa Chaves, que passará a integrar a banda Chiclete Com Banana após o carnaval de 2014, traz na bagagem uma mistura de ritmos herdada de seu recente trabalho à frente da banda Via Circular, além do axé music de sua banda São Ninguém e muito groove, balanço e swing, vindos da época de sua banda Soul Grau, baseada no pop, rock, funk e soul.

Quando esses 4 artistas completamente diferentes – e complementares – se juntam no palco, o resultado é uma explosão de vozes que se harmonizam perfeitamente. O repertório é composto por hits de artistas como Tribalistas, Bob Marley, Djavan, Train, Caetano Veloso, Jason Mraz, Ritchie, Elton John, Skank, Extreme, Sidney Magal, Freddie Mercury, Reginaldo Rossi, Stevie Wonder, Los Hermanos, Bee Gees, Lulu Santos, Beatles, Carlinhos Brown, Frank Sinatra, Adoniran Barbosa – tão diversos quanto as influências do grupo – pontuado por canções próprias, de cada um deles, além de músicas da Confraria. Há momentos em que todos cantam juntos abrindo voz e também momentos solo de cada integrante, onde os demais preenchem os espaços da música fazendo backing vocals afiados – e afinados!

Na platéia dos shows, fãs, imprensa e músicos podem esperar por canções autorais como "Vim Pro Mundo a Passeio", "Deixa Brotar", "Desejo de Amar", "Só Eu e Você", “Brincadeira”, “Pense com o Coração” e "Juntos", que se misturam a releituras de grandes nomes da música nacional e internacional.

O público agradece e canta junto, sejam fãs, anônimos ou artistas baianos. Público este que, pelo simples fato de estar presente, reunido pelo mesmo motivo, também faz parte dessa CONFRARIA DA MÚSICA!

A Confraria da Música é:

  • Alex Góes (Voz)
  • Alvaro Pinho (Voz)
  • Eva Cavalcante (Voz)
  • Rafa Chaves (Voz)

  • Flavinho Drums (Bateria)
  • Léo Rego (Guitarra)
  • Marcus Musk (Percussão)
  • Paulo Bass (Baixo)
  • Rafael Jardim (Teclado / Direção Musical)

  • Andrea Marnine (Produtora)
  • Jair Nascimento (Iluminador)
  • Marcos Adriel (Técnico de Som)
  • Nadson / Natan (Roadies)
Youtube
Twitter
Imprensa
Release (*.pdf)
Fotos Divulgação - Alta Resolução (Flickr)
Logomarca Vetor (*.zip)
Flickr
Instagram
Facebook